Casa Tuga

A ANEDOTA em que se transformou este Portugal – Parte 2

Posted on: 5 Agosto 2008


Vou agora mostra-vos a resposta do utilizador, Gande.

“Uma adolescente de 16 anos pode fazer livremente um aborto mas não pode pôr um piercing.”

Há uma diferença, um piercing é algo que se vai pôr no corpo, o aborto é algo que se vai tirar. Ah, e não compares uma gravidez não desejada a um capricho de meter um piercing.

“Um cônjuge para se divorciar, basta pedir.”

Entre marido e mulher ninguém mete a colher, e se um casal decide divorciar-se ninguém tem nada a ver com isso.

“Um empregador para despedir um trabalhador que o agrediu precisa de uma sentença judicial que demora 5 anos a sair.”

Claro que não está bem agredir, mas também é verdade que os patrões às vezes merecem umas boas mocadas. E se fosse o patrão a agredir o empregado?

“Nas zonas mais problemáticas das áreas urbanas existe 1 polícia para cada 2 000 habitantes; o Governo diz que não precisa de mais polícias.”

Enganas-te, o ministro da administração interna já disse que vai abrir mais vagas no próximo concurso.

“Um professor é sovado por um aluno e o Governo diz que a culpa á das causas sociais.”-

Claro está que os alunos não devem bater nos estudantes, mas os professores também não devem dizer em tom arrogante “Aqui dentro quem manda sou eu e vocês só têm que obedecer” sem os alunos terem feito alguma coisa, a partir daí está a desafiá-los. E olha que sei do que falo porque já me aconteceu isso.

“Numa entrevista à televisão, o Primeiro-Ministro define a Política como ‘A Arte de aprender a viver com a decepção’.”

O Primeiro Ministro deixou bem claro que na política também se tem de ter a arte de aprender a viver com a decepção e não só a arte de viver com o sucesso. (Não é o Santana Lopes que resolve desaparecer da vida política por cada fracasso que tenha?)

“Um jovem de 14 mata um adulto, não tem idade para ir a tribunal, um jovem de 15 leva um chapada do pai, por ter roubado dinheiro para droga é violência doméstica.”-

Um bocado exagerado não? Pode até ser acusado de violência doméstica, mas em tribunal não é condenado por isso, até porque nunca vi nem ouvi falar que um pai foi preso por dar educação a um filho.

“Começas a descontar em Janeiro o IRS e só vais receber o excesso em Agosto do ano que vem; não pagas as finanças a tempo e horas passado um dia já estas a pagar juros.”-

O IRS recebes todos os anos pela mesma altura, por isso nunca ficas mais de um ano sem receber o excesso. Se as finanças não levassem juros pelo atraso muita gente começava a abusar e em vez de um dia era um mês de atraso e as finanças que aguentassem à espera.

“Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos pões a trabalhar contigo num oficio respeitável, é exploração do trabalho infantil; se és artista e o teu filho com 7 anos participa em gravações de telenovelas 8 horas por dia ou mais, a criança tem muito talento, sai ao pai ou à mãe.”-

Pois, de certa forma não deviam trabalhar nem num lado nem noutro, mas isso não é só em Portugal.

E acaba aqui esta série de 2 posts, com diversas opiniões sobre a atualidade portuguesa, espero que tenham gostado😉

2 Respostas to "A ANEDOTA em que se transformou este Portugal – Parte 2"

Olá pedro, obrigado pela visita. Sobre a imagem eu encontrei-a no Flickr. Apenas recortei ela e colocquei a borda preta usando um editor de imagem (photoshop)

Abraços!

A nossa triste realidade!

Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: